Samuel Pereira dá entrevista para a CBN sobre as mudanças do Instagram

No sábado, dia 11 de Maio de 2019, fui entrevistado pela jornalista Cássia Godoy para o programa Show da Notícia da Rádio CBN.

Falamos sobre as mudanças nas redes sociais, como o fim da exibição dos números de curtidas no Instagram, a facilidade de pagamento que deve ser implantada em breve no Whatsapp e como isso pode afetar a forma como consumimos, produzimos e fazemos negócios na Internet.

Foi muito legal falar com um veículo tão relevante quanto a Rádio CBN sobre um assunto tão importante e que vai trazer tantas mudanças na forma como utilizamos algumas das maiores redes sociais do mundo.

Abaixo você pode acompanhar um trecho da entrevista:

Cássia – Agora, tem uma coisa que me chamou a atenção também nesses anúncios, Samuel, em relação ao Instagram. É uma possibilidade, isso é uma coisa que está em testes, eles estão estudando como fazer, de esconder o número de curtidas. Por que essa decisão?

Samuel – Olha, é bem interessante. Essa foi a que mais me chamou a atenção dentre as novidades, para falar a verdade. Eu acredito que existem alguns motivos para acontecer isso. Eu acredito que uma das primeiras coisas é a tentativa de voltar à sua essência na rede social.

Por que?

Primeiro que o número de curtidas é uma métrica de vaidade.

O que o Facebook e o Instagram querem é que a gente produza conteúdos que a gente goste. Então, por exemplo, hoje em dia pessoas estão levando muito sua auto-estima pelo número de curtidas que ela recebe e isso acaba fazendo que o foco principal seja esquecido.

Muitas vezes, o foco principal é compartilhar o seu dia-a-dia, compartilhar algo legal e não necessariamente receber número de curtidas. Obviamente esse é um teste, a gente ainda vai ver o que vai dar depois disso e o que ele vai trazer, mas esse é um teste que chama muita atenção, que foi feito no Canadá.

Eu acredito que o que a gente tem visto hoje, até falei no meu evento há duas semana atrás, em São Paulo, muitas pessoas estão baseando se elas são boas ou não, a sua auto-estima em um número de curtidas. Isso é só uma métrica de vaidade.

Clique aqui e entre para a lista de espera do SDA 2020!

Você não é o número de curtidas que você recebe em uma rede social. Você não é isso! Então, a gente precisa dar um passo anterior e pensar na nossa essência. O que de fato a gente vai compartilhar? O que de fato a gente quer compartilhar?

Um outro ponto que eu acho que é importante, acho que isso é uma visão um pouco mais da empresa Facebook. A plataforma, acabou cada vez entregando menos postagens orgânicas. (Postagens orgânicas são aquelas que você posta e não precisa colocar dinheiro. Automaticamente atinge os seus seguidores.)

Tráfego Orgânico ou Tráfego Pago? Qual é melhor?

E eles começaram a reduzir cada vez mais esse alcance…

…para aparecer cada vez mais propagandas – que é uma forma do Facebook fazer aquilo virar dinheiro, de monetizar. O que aconteceu foi que as pessoas começaram a receber cada vez menos curtidas, menos alcance e se desmotivar também de estarem ali postando.

Então, eu acredito que houve uma grande debandagem do Facebook devido a isso. Houve um desânimo nos produtores de conteúdo, digamos assim. Em relação ao Instagram, eu acredito está no momento que cada vez mais vai diminuir esse alcance orgânico e aparecer cada vez mais anúncios. Talvez, tirando essas curtidas, eles consigam camuflar um pouco mais essa diminuição e tentar reduzir essa desmotivação para quem está ali no Instagram, para que não aconteça o mesmo que aconteceu no Facebook. É só uma visão que eu acredito que também pode ser uma tentativa deles.

Cássia – Isso é uma coisa para se ficar de olho, você tem toda razão. Muita gente foi deixando um pouquinho de lado o Facebook justamente por causa dessa característica, desse aumento das propagandas e as pessoas percebendo que o que elas postavam e que eram postagens espontâneas, acabavam alcançando menos gente.

Em relação ao Whatsapp, o que a gente pode destacar desses anúncios? Aquela opção de pagamentos pelo Whatsapp ainda não é uma realidade, mas atualmente está em teste na Índia. Isso deve ser um destaque também aqui no Brasil?

Samuel – Gente, eu estou louco para isso acontecer! Porque o Whatsapp hoje é o meio de comunicação que todo mundo usa. Donos de pequenos e-commerces, infoprodutores, pessoas que têm restaurante…

Todos utilizam muito o Whatsapp para fechar negócios.

Para fazer entrega, para fazer uma comunicação.

E se você consegue fazer o meio de pagamento ali, como já acontece em outras plataformas na China, em que você já consegue passar ali aquela compra e fazer o meio de pagamento, vai ser incrível!  Porque imagina… a gente tem uma coisa que a gente chama de um 1-click-upsell,  quando a pessoa dá apenas um clique e a compra já foi feita.

Você não precisa ter que sair do Whatsapp…

…entrar em uma nova página, colocar seu cartão de crédito. Isso tudo acaba diminuindo a conversão das pessoas que vendem pela Internet. Então é interessante e eu estou muito ansioso para que isso se torne realidade o mais rápido possível, porque muita gente vai conseguir gerar bons negócios aí no Whatsapp.

Cássia – Aliás, por falar em negócios em rede social, o Whatsapp não é exatamente uma rede social mas a gente acaba usando como se fosse… E aí voltando a falar do Instagram, tem uma novidade também que vai ter uma remodelação com uma aba de shopping, para ser mais fácil comprar coisas através do Instagram não é?

Samuel – Incrível, não é? A gente já tem algumas modalidades que a gente consegue configurar produtos no Instagram. Gostei de uma coisa que, sempre que você marca um produto seu em alguma postagem, ele aumenta um pouquinho mais o seu alcance. Não sei quem já utilizou esse recurso. Eu, por exemplo, no meu livro eu coloco, quando faço uma postagem com o meu livro na mão, eu o marco e isso até aumenta mais o alcance orgânico. E o que vai ser feito disso? Acredito que, a hora que a gente tiver a mesma funcionalidade que a gente acabou de falar do Whatsapp, a gente tiver uma plataforma que a gente só dá um clique e já faz uma compra ali, dentro do próprio Instagram, vai ser melhor ainda para impulsionar vendas.

Uma coisa que a Internet chegou é para criar praticidade.

Ontem, eu precisei comprar uma passagem aérea. Deu problema no meu login. Eu precisei recuperar meu login, receber SMS e por aí vai. Isso tudo cria muitas dificuldades, isso gasta mais nosso tempo e a gente pode até acabar desistindo de fazer a compra. Então quanto mais fácil se torna para o usuário fazer esta compra, mais a gente vai poder vender na Internet.

E até para as pessoas que acabam comprando, diminuir um pouco essa desconfiança, o medo de ir para um site de uma loja que não é confiável, poder fazer a compra ali dentro do Whatsapp e do Instagram. Isso tudo vai privilegiar todo mundo que quer vender na Internet.

E Cassia, se você me permite falar uma coisa para quem está ouvindo a gente, tem uma frase do Bill Gates muito interessante que é:

“no futuro vão existir dois tipos de empresas: as que fazem negócios na Internet e as que estão de fora dos negócios”

Isso serve para qualquer mercado. Para dentistas, para médicos, para profissionais liberais. Hoje, a Internet é o que faz movimentar. Esse futuro que o Bill Gates disse, acredito que já é o nosso presente. A gente precisa ficar muito atento a  isso e a todas as mudanças.

Inclusive, quero elogiar o grande trabalho da CBN. Eu a escuto muitas vezes pela Internet. Então é muito muito legal ver isso, estar ligado em tudo que está acontecendo e está facilitando o acesso, até os podcasts de vocês. Olha, parabéns a toda equipe da CBN, por estar à frente, estar inovando e já está procurando essa forma de continuar passando o seu conteúdo através de qualquer que seja a plataforma…

Cássia – Muito obrigada, Samuel. A gente fica muito feliz e isso é super importante aqui pra CBN, não só com o conteúdo que a gente leva ao ar aqui no rádio e também transforma em um podcast depois, como os produtos exclusivos para podcasts que a gente já tem também. A gente vem fazendo uma utilização bem bacana disso, como o Vozes, por exemplo, que está sempre na nossa programação e o mais recente fala sobre migração e está imperdível.

Samuel Pereira, especialista em tráfego e audiência na Internet e criador do evento Segredos da Audiência Ao Vivo, nos ajudando a entender mais um pouquinho o que inclusive está por trás de todas essas decisões que foram anunciadas nesta semana, em relação a mudanças no Instagram no Facebook e no Whatsapp também. Obrigada por conversar com a gente e até uma próxima oportunidade!

E você? Que acha destas mudanças?

Se você ouvir esta entrevista, clique aqui: ENTREVISTA NA CBN SOBRE AS NOVAS MUDANÇAS NO INSTAGRAM | Samuel Pereira

ENTREVISTA NA CBN SOBRE AS NOVAS MUDANÇAS NO INSTAGRAM!

Não esqueça de comentar aqui embaixo o que você pensa sobre estas mudanças nas maiores redes sociais do mundo!

E siga a gente nas redes sociais, onde compartilhamos conteúdos diários sobre Marketing Digital, Audiência e Empreendedorismo!

Clique aqui para fazer parte da nossa Lista VIP no WhatsApp e receber as atualizações primeiro.

Aqui para acessar nosso Canal no Youtube.

Aqui para seguir no Facebook!

E aqui para nos acompanhar no Instagram!

Forte abraço e até a próxima!